A inspiração

Todo mundo sempre precisa de um “Acorda, menina!” um dia. O meu não foi às 8 da manhã nem ao som de Ana Maria Braga. Na verdade, desde pequena sei trabalhar com tricô e croché. Mas nunca me aventurei em peças modernas e, principalmente, passíveis de venda. Sempre foi algo meio lá pra casa, sabe?

Até que, pela TV Século XXI (ou 21, se assim preferirem), conheci uma artesã que distribui seus conhecimentos de tricô por todo o Brasil. Seu nome: Vitória Quintal. Depois de algumas aulas, comecei a entrar em contato com ela, que, com muito carinho, ensinou-me muitas das peças que vocês já viram e virão neste blog.

O post de hoje é em homenagem a essa mulher que tanta alegria, esperança e fé espalha por onde passa. Com suas palavras de carinho e seu olhar maravilhoso, encanta a todas as “meninas” que, atentas, escutam a cada ensinamento. Obrigada, Vitória! Que Deus lhe abençoe sempre!

Vitória e eu, após um workshop que ela deu em BH

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Evart

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s